Nesta quarta-feira (06), a Capcom atualizou as suas políticas de vídeo com o objetivo de evitar o compartilhamento de spoilers de seus jogos no YouTube, Twitch ou redes sociais. A empresa japonesa tomou a medida para preservar os fãs que não querem ter suas respectivas experiências arruinadas.

De acordo com a companhia, os jogadores poderão apresentar conteúdo como guias, tutoriais, gameplays, análises, reações e outros estilos de vídeos comentados. No entanto, será necessário informar a audiência sobre o que estão assistindo, exatamente para não existirem surpresas.

A Capcom bate novamente na tecla dos spoilers e afirma que bloqueará até uma simples captura de imagem, caso esta represente algum perigo à experiência dos fãs. Além disso, a empresa ressalta: revelar material do game antes do seu lançamento é proibido.

Apresentar ou revelar conteúdo do jogo sem autorização antes do lançamento oficial é proibido. Mesmo após a estreia, os spoilers podem estragar a experiência de um fã e sempre tentamos evitá-los. Por favor, respeite os outros e não exiba informações às pessoas que evitam saber delas; caso contrário, coloque avisos de spoilers.

Tais medidas parecem antecipar o lançamento de Resident Evil Village, que ainda não tem data de estreia concreta, mas chegará ao PS5, Xbox Series e PC em algum momento de 2021.