Em uma reunião com investidores, o CEO da CD Projekt RED, Adam Kiciński, afirmou que o Cyberpunk 2077 terá poucos bugs no lançamento, no dia 10 de dezembro, e que os jogadores nem perceberão. O executivo deixou claro que é impossível um jogo não ter problemas, ainda mais se tratando de um mundo aberto bem grande.

Em termos de bugs, todos nós estamos cientes deles. Claro, um mundo tão grande não pode estar livre de bugs. Isso é meio óbvio, mas acreditamos que o nível será tão baixo que os jogadores não os verão. E, felizmente, alguns bugs estendidos anteriormente foram causados ​​por alguns recursos gerais e muitos deles já foram corrigidos.

Além disso, Kiciński informou que novidades do multiplayer de Cyberpunk 2077 serão reveladas no primeiro trimestre de 2021. O projeto, segundo ele, é considerado autônomo no estúdio, e não apenas um modo presente no game.

Primeiro, não o chamamos de modos. É uma produção dedicada separada, uma grande produção. E planejamos – pensamos nisso como um produto autônomo. Obviamente, não é totalmente autônomo, pois vem do universo do Cyberpunk. Mas da nossa perspectiva, é outra produção independente e uma equipe exclusiva trabalha nela. Então, por favor, esteja conosco no primeiro trimestre do próximo ano, quando planejamos compartilhar algumas atualizações de estratégia. E acredito que o multijogador Cyberpunk será possível.

Cyberpunk 2077 no PS4 base

O CEO, na mesma reunião, afirmou que o Cyberpunk 2077 no PS4 base e Xbox One estão “surpreendentemente bom para um gigante mundo aberto”. A performance e a qualidade gráfica do jogo nos consoles menos parrudos da geração passada é de interesse dos fãs, uma vez que foram apontados como o motivo do mais recente adiamento.