Final Fantasy XV

Sem sombra de dúvidas o jogo mais polêmico da última década na Square Enix e no meio de desenvolvimento de jogos eletrônicos no Japão, Final Fantasy XV foi anunciado oficialmente com um trailer em 2006, mas só veio a ser lançado de fato em 2016, mais de 10 anos depois.

Começando em 1987, Final Fantasy é uma das franquias de jogos mais duradouras e valiosas, abrangendo várias entradas de linha principal, bem como vários spinoffs notáveis. Só este ano foi enorme para a série de jogos de fantasia, com Final Fantasy VII Remake garantindo recentemente uma indicação de Jogo do Ano no The Game Awards, enquanto a Square Enix anunciou a próxima iteração original da franquia: Final Fantasy XVI.

No entanto, não faz muito tempo que a empresa lançou Final Fantasy XV, com a entrada na série chegando às prateleiras em 2016. Com hoje marcando o quarto aniversário do jogo, parece que os fãs de Final Fantasy vieram em massa para compartilhar seu amor para o trabalho da Square Enix.

No Twitter, digitar a hashtag “FFXV” traz uma tonelada de postagens comemorativas de fãs destacando o jogo e o impacto que teve sobre eles, seja por meio de capturas de tela de suas cenas favoritas, postando trabalhos de arte que desenharam ou compartilhando cosplays eles usaram.

Ao longo das postagens, parece que a maioria dos jogadores cita o jogo como uma aventura memorável, apesar de suas falhas, com os fãs compartilhando que passaram centenas de horas ao longo do tempo com ele.

Um jogador afirmou que Final Fantasy XV é “um grande jogo que teve um lançamento difícil. Mas, a equipe o entregou e o enfeitou com um trabalho pós-lançamento incrível”, alegando que “o considera um dos melhores da série, “enquanto outro afirma: “este jogo apresentou o mundo Final Fantasy para mim e estou muito feliz por tê-lo jogado.”

Abaixo você verá um trailer do Final Fantasy XV quando ainda era liderado por Tetsuya Nomura, em 2006-2013. Nesta época, ele se chamava Final Fantasy Versus XIII, fazendo parte da trilogia ‘Fabula Nova Crystallis’, que englobava FFXIII, FFType-0 e FFVersusXIII.

Após a saída de Nomura do projeto em 2013 para se focar em Kingdom Hearts III, o projeto foi radicalmente modificado e resgatado pelo diretor Hajime Tabata, e rebatizado como Final Fantasy XV, um capítulo totalmente autônomo:

Final Fantasy XV já está disponível globalmente.