A demanda pelo PS5 é bem alta neste momento, com fãs ainda buscando por uma unidade antes do fim do ano. O problema é que muitos deles podem ficar sem o tão desejado console: gangues estão roubando os videogames de caminhões nas estradas do Reino Unido, ao melhor “estilo Velozes e Furiosos”.

Segundo o periódico inglês The Times, os bandidos cercam as vítimas com seus carros e então usam cordas para escalarem a carreta, entram na carroceria da mesma e jogam a carga aos seus colegas. Tudo isso enquanto os veículos percorrem uma velocidade média de 80 km/h.

A prática é chamada de “rollover” no Reino Unido e está se tornando popular entre os criminosos. Ao longo de 2020, ao menos 27 casos do tipo já foram registrados por lá, com crescimento alarmante neste período de fim de ano. Os caminheiros ainda não sabem como lidar com a situação se ela vier a ocorrer.

Ainda de acordo com o The Times, o PS5 não é o único alvo das gangues: televisões, cosméticos, celulares e até cigarros fazem parte dos itens desejados. O console da Sony foi adicionado à lista porque eles creem, literalmente, valer a pena arriscar a vida por uma unidade.

Como exemplo do assalto ala Velozes e Furiosos, assista ao vídeo abaixo. O caso ocorreu na Romênia, em 2012:

Grupo britânico revende PS5 por valores altíssimos

Por falar em problemas com o PS5 no Reino Unido, um grupo chamado CrepChiefNotify fez aproximadamente 3.500 reservas do console utilizando uma combinação de bots e informações privilegiadas. Dessa forma, eles passaram a vender o videogame por valores exorbitantes: a versão com o leitor Blu-Ray saía por US$ 1,100, enquanto a edição Digital era encontrada por US$ 900.