Zlatan Ibrahimović não está poupando esforços para mostrar sua insatisfação com o uso da sua imagem em FIFA 21. O craque sueco voltou às redes sociais para atacar a EA Sports e questionar “de quem” a empresa comprou os direitos.

Através do Twitter, o jogador do Milan publicou uma uma declaração oficial da publisher ao Push Square, onde esta diz ter adquirido licenças diretamente de ligas, times e jogadores. Entretanto, Ibra ressalta que jamais negociou individualmente com a companhia.

EA: ‘Estamos cientes das discussões sobre o licenciamento dos jogadores em FIFA. A situação atual disseminada nas redes sociais é uma tentativa de trazer FIFA 21 a uma disputa entre terceiros e pouco tem a ver com a EA Sports. Para sermos claros, temos direitos contratuais de todos jogadores em nosso jogo. Como já dito, adquirimos essas licenças diretamente de ligas, equipes e jogadores’.

Ibrahimović: EA, não é sobre direitos coletivos de imagem. Seus jogos são baseados em direitos individuais. Vocês não compraram da FIFPro porque ela nos contou. Vocês não compraram do Milan porque eles nos contaram. Vocês também não compraram de mim. De quem vocês compraram, então?

A polêmica de Zlatan e FIFA 21

A “treta” toda começou no fim de novembro, quando Ibrahimović disse não ter autorizado o uso de sua imagem em FIFA 21. Então, a EA Sports apresentou uma réplica e explicou possuir um acordo com a FIFPro, entidade que cuida da negociação dos direitos de imagem de atletas em videogames e outros.

Resta saber aonde essa história vai parar no futuro. Mas por enquanto, ela parece estar nos seus capítulos iniciais.