A Polícia Federal deflagou neste sábado (28) a Operação Exploit com o objetivo de prender os membros do grupo hacker Cyberteam, que assumiram a autoria aos ataques aos bancos de dados e servidores do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no dia 15 de novembro, data do primeiro turno da Eleições 2020.

Os hackers vazaram dados do departamento de recursos humanos do TSE e também teriam realizado um ataque de DDoS nos servidores da instituição que impediu o funcionamento correto do e-Título na data em que ele seria mais útil para os eleitores.

Leia mais…