Quem nunca xingou o celular quando ele não consegue identificar sua digital que atire a primeira pedra e depois, aguarde chegarem ao mercado os celulares equipados com o novo leitor lançado agora pela Qualcomm – segundo a empresa, ele é 77% maior e 50% mais rápido que seu antecessor.

Chamado de Qualcomm 3D Sonic Sensor Gen 2, o novo sensor ultrassônico de impressão digital de tela cobre uma área de 64 milímetros quadrados, maior que os 36 milímetros quadrados (4 mm x 9 mm) da primeira geração. Segundo a gigante americana, o aumento da área vai permitir que sejam coletados 1,7 vez mais dados biométricos (obviamente, há mais dedo a ser escaneado). O aumento da velocidade na identificação das cristas e dos poros vai se traduzir em celulares desbloqueados 50% mais rapidamente.

Leia mais…