A Housemarque aproveitou a manhã desta quarta-feira (13) para detalhar Returnal, o shooter em terceira pessoa exclusivo de PS5. Desta vez, a empresa comentou sobre as mecânicas de combate, além da progressão e dos riscos e recompensas que podem ser encontrados no planeta Atropos.

Primeiramente, a empresa mostra alguma das novidades em um vídeo de gameplay. A protagonista Selene terá diversas armas a sua disposição, que se encontram pelo mapa do jogo. Além disso, ela se deparará com parasitas — com efeitos bons ou ruins — e se aproveitará de certas ferramentas, como o Desmantelador (uma espécie de granada).

O diretor criativo da Housemarque, Harry Krueger, trouxe mais detalhes no PlayStation Blog. De acordo com ele, Returnal reúne dez armas básicas que podem ser melhoradas. Por exemplo, a Spitmaw Blaster é uma espingarda normal, mas ao longo da progressão o jogador desbloqueará os chamados “Weapon Traits”, que modificam a sua base. Existirão mais de 90 desses elementos no título e eles estão ligados a cada arma diferente – a Spitmaw Blaster ganha munição explosiva ou tiros de ácido.

Krueger também cita o “fogo alternativo” como uma das mecânicas do game, onde os gatilhos adaptáveis do DualSense se destacam. Para ativá-lo será necessário pressionar L2 até o fim — apertar o botão até a metade utilizará os tiros principais do armamento.

2

Progressão em Returnal

Na história de Returnal, Selene se vê presa em um loop temporal infinito: cada morte a envia para o começo da jornada, momentos antes de ela chegar a Atropos. Aliás, a maioria dos itens e habilidades coletadas no ciclo anterior são perdidos, embora alguns poucos permaneçam.

Um dos objetos que continuam em posse do jogador é “Cthonos”, responsável por gerar um item aleatório no início de cada ciclo. A ferramenta alienígena recompensa o gamer com mais itens sempre quando ele atinge determinado ponto da progressão.

Returnal será lançado no dia 19 de março.